Cidades

Programa Aprendiz do Futuro anuncia 1.250 novas vagas

Publicado

em

O governador Ronaldo Caiado anunciou a criação de 1.250 novas vagas para o Programa Aprendiz do Futuro, com ingresso ainda neste ano. A ampliação foi oficializada durante solenidade no Teatro Goiânia, na Capital, nesta terça-feira, 21, quando também foi lançado o reforço escolar para os beneficiários do programa, promovido em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

O incremento nas vagas consolida o Aprendiz do Futuro como o maior programa de aprendizagem na administração pública. Com as novas oportunidades, serão atendidos 6.250 jovens com idade entre 14 e 15 anos em todas as regiões do estado. “Vamos continuar investindo cada vez mais na educação, profissionalizando e formando pessoas, mudando o perfil de vocês. Vocês serão um novo Goiás, como referência na educação e também na qualidade de vida”, direcionou Caiado aos jovens presentes ao Teatro Goiânia.

Como funciona

Os beneficiários recebem salário de R$ 569,36 e auxílio alimentação no valor de R$ 150, em um investimento anual de R$ 80 milhões. Os jovens também contam com benefícios assegurados pela legislação trabalhista, como seguro de vida, vale transporte, 13º salário e, ainda, um tablet com internet para fazer os cursos oferecidos. No final do contrato, os 12 aprendizes com melhores avaliações farão uma viagem de intercâmbio para Barcelona, na Espanha.

“É um sonho para qualquer menino e menina aqui, ainda mais para muitos que estão na vulnerabilidade e enxergam essa oportunidade de viajar para outro país como um prêmio dentro do seu processo de capacitação. Esta gestão do Governo de Goiás faz acontecer, como agora. Os jovens são prioridade”, afirmou o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Wellington Matos.

Novidades

A partir deste ano, os jovens atendidos pelo Aprendiz do Futuro terão acesso aos serviços educacionais do Senac, via plataforma digital de ensino à distância. Implementado via cooperação técnica, o curso prevê videoaulas e fornecimento de e-books para reforço escolar em Português, Matemática e Redação do Instituto Carlos André. “Meus agradecimentos pelo oferecimento, neste convênio, do melhor curso de todo o Brasil, uma oportunidade de aulas com o professor Carlos André, a maior referência atual na área de educação em Matemática, Português e Redação”, salientou o chefe do Executivo estadual.

“Escrever bem, comunicar-se bem, saber cálculos e lógica nos faz mais seres humanos. Para essas aulas, que são mais de 500, e eu mesmo gravei, pensei em todos vocês. Terão o que há de mais moderno para que o trabalho de vocês seja o melhor”, pontuou Carlos André.

As aulas complementares são fruto da soma de esforços do Governo de Goiás, Senac e a entidade parceira na execução do programa, Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renaspi). “O sentimento é de gratidão por aqueles que transformaram este programa em uma política social assertiva e inclusiva. Este é o propósito”, expressou Rayane Monteiro, coordenadora pedagógica do polo Goiás da Renapsi e diretora nacional do projeto Demà Jovem.

Qualidade

“Vocês estão tendo oportunidade de ouro. Estamos aqui para servir e entregar o propósito da nossa instituição, que é levar qualidade de vida. Que daqui alguns anos, eu possa olhar para vocês e encontrar profissionais que passaram nas melhores universidades pois tiveram as melhores oportunidades”, projetou o diretor regional do Sesc/Senac em Goiás, Leopoldo Veiga Jardim. “Já temos a educação número um do Brasil. Não seríamos os melhores se vocês não fossem os melhores. Nosso objetivo como Sistema S é preparar ainda mais nossa juventude. Agarrem esta oportunidade”, pediu o vice-presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (Fecomércio), Márcio Andrade.

Convidados ao palco do Teatro Goiânia pelo governador, os aprendizes Allana e Nicolas relataram suas experiências. “Foi ótimo. Estou realizado. Tivemos cursos sobre ética. Hoje, eu já ajudo bastante minha mãe”, disse Nicolas, que deseja ser médico no futuro. “Os cursos são os melhores. A gente aplica mesmo no trabalho. Vocês estão sendo luz na vida destes jovens”, enfatizou Allana, no início da caminhada para dar uma casa à sua mãe.

Acompanharam o governador durante a solenidade o secretário de Estado de Cultura, Marcelo Carneiro; a diretora-geral da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), Adryanna Caiado; a subsecretária de Execução da Política Educacional da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Helena da Costa Bezerra; a subsecretária de Gestão Pública da Secretaria de Estado de Administração (Sead), Lara Garcia; os diretores da Renapsi Rafael Reis e Rafael Santos, além de jovens aprendizes e demais pessoas convidadas.

Fonte: Secretaria de Comunicação (Secom)

Fonte: Governo GO

Comentários do Facebook

Caldas Novas

Projeto Circo de Pau-Fincado chega em Caldas Novas e Rio Quente 

Publicados

em

Iniciativa tem patrocínio da Equatorial Goiás que, somente neste ano, contemplou 20 projetos culturais, somando mais de R$ 5 milhões 
O projeto Circo de Pau-Fincado chega, nos próximos dias, em Caldas Novas e Rio Quente, dando continuidade para a turnê que irá passar por 21 cidades do Estado, com o patrocínio da Equatorial Goiás.
Nesta terça-feira (4) a trupe se apresenta no Pestalozzi de Caldas Novas, em dois horários: às 9h30 e às 14h. Já na quarta-feira (5), no Rio Quente, as apresentações serão às 9h, às 10h e às 14h, no Centro Cultural do município.
Os espetáculos são idealizados pelo grupo circense Tito Trupe Show e contam com palhaços, shows de mágicas, malabarismo, contorcionismo, equilibrismo e clown. O Circo de Pau-Fincado surgiu por volta do ano de 1920, quando Goiás se tornou rota importante para muitos circos. Seu diferencial era ser um circo de madeira que conseguia chegar em locais nunca visitados por nenhum outro grupo de artistas.
Valorização da cultura
A Equatorial Goiás é a principal patrocinadora de projetos culturais apoiados pelo Programa Estadual de Incentivo à Cultura – Goyazes – do Governo de Goiás. Em um ano de atuação no Estado, a distribuidora de energia disponibilizou R$ 12 milhões para fomentar a cultura goiana, por intermédio do Projeto E+ Cultura, que patrocinou 45 iniciativas. O montante equivale a 30% dos R$ 40 milhões direcionados pelo Programa Goyazes, que contemplou quase 300 projetos artísticos-culturais em mais de 75 municípios.
Em fevereiro, a companhia deu início ao primeiro ciclo de projetos patrocinados de 2024. Foram contempladas 20 propostas, que somam mais de R$ 5 milhões em patrocínios via Goyazes.
As iniciativas contempladas em 2024 são: Goiás em Palco – Cultura Itinerante; X Favera – Festival Audiovisual Vera Cruz; Escola de Break de Goiânia; Tradicionais do Picadeiro – Circo Show!; Circuito Universitário – Fernando Perillo e Banda Kalunga/ Ponce Duo Instrumental; Festival de Música para Infância e Juventude; Zabumba Beach Tour 2024 Circuito; Parceria – 30 anos; Festival de Teatro Para Infância e Juventude; Festival Música no Prato; Circo de Pau-Fincado; XIV Festival Gastronômico de Pirenópolis; 25º Encontro de Catira, Folia, Fiandeiras e Violeiros; Circus Tur – A arte em festejo em pequenos vilarejos; Festival de Música – Talentos Goianos; All Sax; Semana Santa de Goiás – 279 anos; projeto Cria.Ativa, Projeto Meu Nome é Mãe e o Educanto III.
          Sobre a Equatorial Goiás  
A Equatorial Goiás é uma empresa que pertence à holding Equatorial Energia, 3º maior grupo de distribuição de energia do País, com 7 concessionárias que atendem mais de 14 milhões de clientes. Somente em Goiás são cerca de 3,5 milhões de clientes, localizados em 237 municípios do Estado e abrangendo 98,7% do território estadual, com cobertura de uma área de 336.871 km².
Comentários do Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA