Search
Close this search box.

Cidades

Governo de Goiás sorteia endereço de casas a custo zero em mais cinco municípios

Publicado

em

Famílias de Mairipotaba, Campestre, Cristianópolis, Rio Verde e Santo Antônio do Descoberto conhecem nesta sexta-feira (21/07) localização de suas moradias. Sorteio precede entrega das chaves

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), vai realizar nesta sexta-feira (21/07), os sorteios dos endereços de casas a custo zero em cinco municípios: Mairipotaba, às 9 horas; Campestre de Goiás, às 10 horas; Cristianópolis, às 11 horas; Rio Verde, às 12 horas; e Santo Antônio do Descoberto, às 13 horas. Os sorteios serão transmitidos ao vivo, da sede da Agehab, em Goiânia, sem acesso ao público externo. A transmissão poderá ser acompanhada pelas famílias beneficiadas pelas contas oficiais da Agehab no YouTube e Facebook. As listas com os endereços sorteados serão disponibilizadas em seguida no site da agência.

Irmãs Maria Divina e Maria Aparecida dos Santos no momento em que foram sorteadas para as casas a custo zero, em Mairipotaba

Irmãs Maria Divina e Maria Aparecida dos Santos no momento em que foram sorteadas para as casas a custo zero, em Mairipotaba

“Gostaria de ficar do ladinho da minha irmã, para cuidar bem dela, mas se não for, não tem problema nenhum. O que eu quero mesmo é minha casa. Estou muito feliz de ter sido contemplada”, admite Maria Divina. O sorteio dos endereços é realizado no mesmo sistema utilizado para sortear as famílias, o software Palladio Sors, desenvolvido pela área de tecnologia da informação da Agehab.

As moradias de Mairipotaba, Campestre, Cristianópolis, Rio Verde e Santo Antônio do Descoberto já estão em fase final de execução. Todas as casas são totalmente custeadas por recursos estaduais, em parceria com as prefeituras, que entram com terreno e infraestrutura para o conjunto das novas unidades habitacionais.

As casas a custo zero fazem parte do programa Pra Ter Onde Morar – Construção. Alexandre Baldy lembra que o benefício já está garantido para 6 mil famílias no estado, com meta de alcançar 10 mil no total até 2026. “Sem despesa com aluguel, essas famílias vão poder melhorar sua vida como um todo. O governador Ronaldo Caiado reconhece a importância do programa habitacional para o desenvolvimento social e tem investido pesado nesta área”, destaca.

Serviço
Assunto: Sorteio dos endereços das casa a custo zero de Mairipotaba, Campestre, Cristianópolis, Rio Verde e Santo Antônio do Descoberto
Quando: Sexta-feira (21/07)

  • Programação
    9h: Mairipotaba
    10h: Campestre de Goiás
    11h: Cristianópolis
    12h: Rio Verde
    13h: Santo Antônio do Descoberto
    Transmissão: Contas do YouTube ou Facebook da Agehab

Fotos: Octacílio Queiroz / Agência Goiana de Habitação – Governo de Goiás

Comentários do Facebook

Caldas Novas

Projeto Circo de Pau-Fincado chega em Caldas Novas e Rio Quente 

Publicados

em

Iniciativa tem patrocínio da Equatorial Goiás que, somente neste ano, contemplou 20 projetos culturais, somando mais de R$ 5 milhões 
O projeto Circo de Pau-Fincado chega, nos próximos dias, em Caldas Novas e Rio Quente, dando continuidade para a turnê que irá passar por 21 cidades do Estado, com o patrocínio da Equatorial Goiás.
Nesta terça-feira (4) a trupe se apresenta no Pestalozzi de Caldas Novas, em dois horários: às 9h30 e às 14h. Já na quarta-feira (5), no Rio Quente, as apresentações serão às 9h, às 10h e às 14h, no Centro Cultural do município.
Os espetáculos são idealizados pelo grupo circense Tito Trupe Show e contam com palhaços, shows de mágicas, malabarismo, contorcionismo, equilibrismo e clown. O Circo de Pau-Fincado surgiu por volta do ano de 1920, quando Goiás se tornou rota importante para muitos circos. Seu diferencial era ser um circo de madeira que conseguia chegar em locais nunca visitados por nenhum outro grupo de artistas.
Valorização da cultura
A Equatorial Goiás é a principal patrocinadora de projetos culturais apoiados pelo Programa Estadual de Incentivo à Cultura – Goyazes – do Governo de Goiás. Em um ano de atuação no Estado, a distribuidora de energia disponibilizou R$ 12 milhões para fomentar a cultura goiana, por intermédio do Projeto E+ Cultura, que patrocinou 45 iniciativas. O montante equivale a 30% dos R$ 40 milhões direcionados pelo Programa Goyazes, que contemplou quase 300 projetos artísticos-culturais em mais de 75 municípios.
Em fevereiro, a companhia deu início ao primeiro ciclo de projetos patrocinados de 2024. Foram contempladas 20 propostas, que somam mais de R$ 5 milhões em patrocínios via Goyazes.
As iniciativas contempladas em 2024 são: Goiás em Palco – Cultura Itinerante; X Favera – Festival Audiovisual Vera Cruz; Escola de Break de Goiânia; Tradicionais do Picadeiro – Circo Show!; Circuito Universitário – Fernando Perillo e Banda Kalunga/ Ponce Duo Instrumental; Festival de Música para Infância e Juventude; Zabumba Beach Tour 2024 Circuito; Parceria – 30 anos; Festival de Teatro Para Infância e Juventude; Festival Música no Prato; Circo de Pau-Fincado; XIV Festival Gastronômico de Pirenópolis; 25º Encontro de Catira, Folia, Fiandeiras e Violeiros; Circus Tur – A arte em festejo em pequenos vilarejos; Festival de Música – Talentos Goianos; All Sax; Semana Santa de Goiás – 279 anos; projeto Cria.Ativa, Projeto Meu Nome é Mãe e o Educanto III.
          Sobre a Equatorial Goiás  
A Equatorial Goiás é uma empresa que pertence à holding Equatorial Energia, 3º maior grupo de distribuição de energia do País, com 7 concessionárias que atendem mais de 14 milhões de clientes. Somente em Goiás são cerca de 3,5 milhões de clientes, localizados em 237 municípios do Estado e abrangendo 98,7% do território estadual, com cobertura de uma área de 336.871 km².
Comentários do Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA